Presidente interino da Al Qaeda convoca eleições para setembro

Os líderes da Al Qaeda prometem uma transição rápida e tranquila.

Ayman Al Zawahri, presidente interino da Al Qaeda, disse nesta segunda-feira que haverá eleições no começo de setembro para substituir Osama Bin Laden, que faleceu de dengue no último domingo.

Em discurso televisionado pela rede Al Jazeera, ele garantiu que a transição será feita de forma democrática e transparente.

“Mais uma vez temos a chance de mostrar ao mundo nossa capacidade de organização e de defesa dos direitos humanos” comentou Zawahri.

Até que as eleições sejam realizadas, a organização será conduzida por um “conselho constituinte” que se dedicará a proteger seus membros espalhados pelo mundo.

O governo provisório da Al-Qaeda recomenda a terroristas em viagens no exterior para que tomem cuidado e evitem sair às ruas pelo provável aumento de ações anti-fundamentalistas

“Numa situação dessas, é natural que haja uma perseguição aos nossos rapazes infiltrados nos Estados Unidos e na Europa”, afirmou. “Apesar dos boatos de que nossa organização esteja paralisada, prometo que algumas de nossas ações continuarão a pipocar por aí, vocês vão ver”.
Para Zawahri, a Al Qaeda terá muito trabalho já na segunda semana de setembro. “O timing para as eleições é perfeito. Voltarmos a chamar a atenção do planeta, vai ter muita novidade, mas é surpresa”, antecipou.