Robossauro volta a complicar trânsito em São Paulo

Curiosidade do motorista reduz a velocidade dos carros na região

Um robossauro púrpura de 17 metros de altura interrompe neste momento o tráfego na Marginal Pinheiros sentido Castelo Branco e provoca efeitos no trânsito em toda a cidade de São Paulo.

O animal composto de metal e plástico teria escapado de sua jaula na Universidade de São Paulo e atravessado o rio Pinheiros em direção do parque Villa Lobos.

Na semana passada, moradores do Butantã haviam protestado contra a presença de robossauros na Zona Oeste de São Paulo.

“Já estamos fartos. Todo começo de primavera é a mesma coisa… Aparece um bicho feio desses gritando pela manhã e a prefeitura não faz nada para tirar isso da rua. Nada!”, reclamou Célia Regina Alves, moradora da região.

Segundo a Polícia Militar, hoje o robossauro não está com fome, por isso sua movimentação é pacífica e tranquila.

“Parece que ele está tentando chegar à Liberdade, onde vivem alguns de seus amigos”, contou o general Antenor Santana do 12º batalhão da PM em São Paulo. “Recomendamos que a população entre em pânico, basta conceder a preferência na faixa da esquerda para o bicho passar”, orientou.

O prefeito Fernando Haddad foi procurado e manifestou-se por meio de uma nota oficial.

Nela, Haddad ressaltou que sua gestão é a que mais tem investido na prevenção de robossauros e que os governos anteriores pouco fizeram em relação a isso. “Vamos preparar um plano de emergência, nem que para isso tenhamos que realocar recursos destinados a prevenção das enchentes, uma vez que estas voltam só no fim do ano”, declarou o prefeito.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informou que, devido à aparição do robossauro, o rodízio de veículos está suspenso e multas aplicadas durante o dia de hoje serão canceladas.