Deus admite erro na criação do Ornitorrinco

Deus confirmou hoje em seu keynote anual que o ornitorrinco foi um erro de planejamento enquanto dava forma à vida na Terra.

A comunidade científica foi assombrada durante séculos por um dos maiores mistérios da humanidade. Mesmo com o financiamento de inúmeros estudos e pesquisas, nunca se soube sobre a origem exata do ornitorrinco. Porém, as buscas tiveram um fim.

E se engana quem imagina que a descoberta surgiu dentro de um laboratório ou universidade. Deus veio a público admitindo um erro na criação do universo e sua população.

Alegando ter colocado o curioso animal no planeta quando ainda iniciava o seu trabalho, o criador apontou problemas no seu planejamento. “Eu criei o ornitorrinco no segundo dia. Era cedo ainda para eu ter pensado na população da Terra. Não estava muito claro na minha cabeça o que seria um mar, ou até mesmo como funcionaria uma árvore”, explicou Deus.

Segundo ele, o grande problema foi criar o animal antes de se pensar onde ele viveria. Como ainda não havia criado o ecossistema, Deus não sabia se o ornitorrinco iria andar, voar ou nadar. Por isso, o animal tem genes que são compartilhados tanto com répteis como com aves. “Na hora que ficou pronto, me espantei com a aparência dele. Apesar de o bico ser uma boa ideia, não combinou muito com o restante do corpo”, disse a máxima divindade.

Porém, por pouco a humanidade não conheceu o ornitorrinco. “Quando eu vi que a coisa não saiu como eu queria, deixei o bichinho de lado e continuei meu trabalho. No sétimo dia, olhei para ele e pensei em jogá-lo fora. Mas deu dó. Apesar de ser feinho, ele é até simpático”, disse Deus. “Mas eu me arrependi, deveria ter poupado a Terra dessa espécie esquisita. Admito: Errei”, completou o onipotente.