WikiLeaks vaza roteiro de Corra que a Polícia Vem Aí 44 e 1/4

Leslie Nielsen interpretaria pela quarta vez o detetive Frank Derbin

Dentre cartas de diplomatas e segredos de estado, um documento vazado pelo site WikiLeaks tem alto valor cinematográfico e destoou do restante. No último lote liberado pelo site de Julian Assange encontra-se o que seria o roteiro da sequência de Corra que a Polícia Vem Aí.

Com título provisório de “Corra que a Polícia Vem Aí 44 e 1/4: Segredos de Estado”, o detetive Frank Derbin mais uma vez volta da sua calma e tranquila aposentadoria para fazer mais um último trabalho para a polícia de Los Angeles.

Leslie Nielsen estava escalado para, mais uma vez, viver o papel do famoso e atrapalhado policial. Na trama, Derbin tem a missão de prender um ativista australiano que teve acesso a segredos de estado e está os espalhando para constranger chefes de estado de todo o mundo.

Durante a caçada, além de cruzar a Europa para capturar o ativista, Derbin tem a ajuda da Interpol e de governos de vários países. Com a influência de seus companheiros, o policial consegue bloquear as contas bancárias e tirar do ar o site do procurado.

E, finalmente quando chega a Londres, Derbin captura o ativista australiano sobre a acusação de assédio sexual. O mandado de prisão havia sido expedido por um juiz sueco, a pedido do governo estadounidense.

No roteiro há informações que, além de Nielsen, Justin Bieber e Morgan Freeman também fariam parte do elenco.