Tucson terá circulação livre no trânsito de São Paulo

Ciclistas paulistanos já infringem a nova lei na recém-criada SUV-faixa

suv-faixa

A Prefeitura de São Paulo comunicou que as atuais faixas preferenciais de ônibus terão sua sinalização modificada para permitir a circulação exclusiva de automóveis do tipo Hyundai Tucson.

A decisão partiu de um pedido da Comunidade União de Interessados em Tucson (CUDEITU), um grupo virtual que, segundo a descrição da página no Facebook, “troca idéias sobre as melhores práticas de lavagem, enceramento, aceleração, postura e posicionamento no trânsito paulistano”.

Os proprietários de Tucson alegam que precisam de espaço e liberdade para praticar sua desenvoltura nas ruas, “ou não nos responsabilizaremos pelo que acontecerá com quem estiver na frente ou dos lados”, sentenciou um membro do CUDEITU que preferiu não se identificar.

A gestão do prefeito Gilberto Kassab (DEM) decidiu atender à necessidade desses motoristas, alegando que a categoria já sofre bastante por não poder comprar o veículo enorme que realmente deseja.

“Preferimos abrir esta exclusividade pois temos observado um alto índice de pessoas, dessas que insistem em andar na rua, se esmagando embaixo dos Tucson”, explicou Celso Alípio Garcia, engenheiro da Secretaria de Transportes do município.

“Além disso, carros menores provocam discussões com os “tucseiros”, o que acaba atrapalhando a fluidez do trânsito. Isso ocorre pela incapacidade dessas pessoas de entender o diferencial de um Tucson quando ele passa na rua”, declarou Garcia que também é membro do CUDEITU.

Perguntado sobre as assembléias do CUDEITU, Celso contou que o grupo se restringe à internet e nunca se encontrou pessoalmente, apenas acenam uns aos outros por trás de vidros com insulfilm.

“Isso basta. Não gostamos muito de contato pessoal. Por isso preferimos circular sempre sozinhos em nossos robustos automóveis”, explicou.

Na audiência pública que encerrou o assunto, marcada hoje pela manhã e realizada logo em seguida à tarde, com a participação de quase uma dezena de cidadãos, a CET e a SPTrans responderam ao questionamento de uma popular, indignada por não saber o que acontecerá com os ônibus.

“Chegamos à conclusão de que os ônibus sozinhos poluem, são feios e carregam gente demais. Isso não agrega valor ao urbanismo da cidade. Ônibus agora devem circular em outras faixas das avenidas, mas até isso está sendo revisto e será objeto de estudo vindouro em nossa administração”, justificou a CET.

Aos finais de semana, as SUV-faixas, como foram batizadas, terão prioridade também sobre a área ocupada por ciclistas. As faixas se serão estendidas até o Shopping Cidade Jardim, garantindo tranquilidade ao passeio dominical dos donos das picapes.

A CET informou que as novas faixas que passaram a funcionar na manhã de hoje por 24h ao dia nas principais vias da capital.