Sexo no CEP será Obrigatório, segundo Correios

sexo-no-cep-correiosO presidente dos Correios, Silvio Matsumoto, anunciou na última sexta-feira em Curitiba no Paraná que todas as cartas do país deverão trazer indicação do sexo do destinatário e do remetento junto ao CEP.

A medida controversa tem como objetivo orientar carteiros, porteiros de prédio e funcionários de colégio no trato com os destinatários das cartas. O sexo passará a ser indicado no CEP ao lado do número, conforme exemplos abaixo:

12.345-000-H (para homens) e 12.345-000-M (para mulheres)

Com o sexo no CEP, os carteiros não mais terão dúvida se a pessoa que receberá a carta será um homem ou uma mulher, especialemente em casos de nomes ambíguos como Jesse ou Alex.

A nova regra foi aprovada esta semana e entra em vigor a partir de 1º de janeiro de 2010.