Serra mediará primeiro debate entre Globo e Record

No debate, Serra terá a oportunidade de conhecer os planos de cada emissora de TV.

O candidato à Presidência José Serra foi escolhido para mediar o primeiro debate entre emissoras de TV das eleições deste ano.

O encontro entre as redes Globo e Record deve colocar fogo no processo eleitoral, deixando frente a frente as principais editorias políticas da TV brasileira.

Serra será o mediador e promete confrontar os planos de cobertura de cada emissora nessas eleições.

“Vamos sabatinar cada um dos canais para entender o que eles esperam do pleito desse ano”, comentou Serra. “Acima de tudo, queremos conhecer quem usará os melhores gráficos na cobertura e quais candidatos cada emissora apoiará”.

No debate, a Rede Globo será representada pelo jornalista William Bonner, editor-chefe do Jornal Nacional.

“Pretendo saber de Bonner quando a Globo começará a fazer campanha sublimniar para o meu partido”, disse Serra. “Eles já prometeram fazer um Globo Repórter sobre tucanos do cerrado, mas os candidatos merecem saber exatamente quanto será investido pela imprensa em nossas campanhas”, comentou.

Nas últimas eleições presidenciais de 2006, a Globo prometeu em debate que apoiaria o candidato do PSDB. Mas assim que notou que Lula venceria, a emissora não cumpriu essa promessa e passou a adular a candidatura do PT.

O lado da Rede Record será defendido pelo jornalista Paulo Henrique Amorim, que acaba de deixar a clínica de reabilitação.

“O Bonner é um cagão”, começou Amorim citando o técnico Dunga. “Eu vencerei esse debate e vou deixar os periquitos da Globo no chinelo! Estarei de vestido vermelho e muito laquê no cabelo para debochar dessa corja midiática que domina o país”, esbravejou.

O debate será realizado na próxima sexta-feira e conforme o desempenho de Serra ele pode ser escolhido para também mediar o debate entre Folha e Estado que ocorre no fim do mês.