Secretaria de Turismo aproveita manifestações e cria tour “conheça o centro com uma passeata”

Tour tem boa aceitação entre turistas asiáticos
Tour tem boa aceitação entre turistas asiáticos

Se a prefeitura de São Paulo anda tendo dias de caos nas últimas semanas, com todos os protestos relativos ao aumento nas passagens do transporte público, tem pelo menos uma secretaria que está comemorando os atos recentes. Na manhã dessa quarta-feira, a Secretaria de Turismo da cidade anunciou um novo pacote de tours a pé, que serão chamados de “Conheça o centro com uma passeata”.

Segundo o secretário adjunto de planejamento de Citytours, Fernando Fontoura, o momento não poderia ser mais Oportuno. “Apesar de não estarmos de acordo com a atitude de alguns manifestantes, como a depredação da prefeitura, entendemos que as passeatas são uma grande oportunidade do ponto de vista do turismo da cidade”.

O primeiro argumento é exposição que São Paulo está tendo. Segundo Fontoura, “várias imagens de nossa cidade estão circulando por jornais e sites de muitos países. A foto daquela menina que tomou um tiro de borracha no olho correu mundo afora. É publicidade gratuita para nós”, vibra.

Em sua visão, a exposição que a cidade está tendo, somada aos eventos esportivos que se aproximam (Copa 2014 e Mundial de Curling 2017), são grandes atrativos para os estrangeiros que estão escolhendo o destino para suas próximas férias”.

O segundo seria a ampliação do espaço urbano para caminhada que as manifestações estão proporcionando. “Tínhamos alguns funcionários circulando na passeata ontem, e eles ouviram por diversas vezes pessoas dizendo coisas como ‘eu nunca tinha vindo até a Praça da Sé’, ou então ‘como é linda essa caminhada da Consolação até a Paulista’. Essas declarações apenas corroboraram algumas suspeitas e estudos que já tínhamos, de que tanto turistas como habitantes não conhecem muito bem a cidade”, conclui Fontoura.

O primeiro ‘Conheça o centro com uma passeata’ será realizado na próxima quinta, em frente ao Pateo do Colégio. “Quem tiver interesse, basta se inscrever pelo site da secretaria”. Em relação à segurança, Fontoura foi taxativo: “podem ficar tranquilos. O kit citytour inclui colete amarelo escrito ‘estou apenas passeando, não me agrida’ e um litro de vinagre”.