Parlamentos da Europa confirmam interesse em Romário

Romário prometeu não ir para o exterior enquanto não fizer 1.000 emendas no Brasil.

Poucos dias após retornar a atuar pelo Congresso Brasileiro, o atacante Romário declarou que já foi sondado para uma possível transferência a parlamentos da Europa.

O desempenho de Romário nas urnas despertou o interesse de alguns congressos no exterior. Parlamentos da Itália e da Inglaterra devem fazer propostas agressivas para ter o baixinho em seus plenários já na temporada atual.

Durante a campanha eleitoral, Romário descartou ida à política estrangeira, mas as negociações nos bastidores ocorrem a todo vapor.

Os maiores interessados seriam os membros da Câmara dos Lordes na Inglaterra. Olheiros do parlamento britânico devem vir ao país no começo do próximo ano para acompanhar algumas sessões de Romário da Câmara.

Romário, cujo passe pertence hoje ao PSB, disse que fica até 2016 no Brasil.

“O parlamentarismo na Inglaterra é sem duvida o mais rico e desenvolvido do mundo, seria uma prazer atuar lá”, afirmou Romário. “Mas eu acabei de chegar a Brasília e pretendo dar o melhor de si até o final do mandato”.

Segundo o presidente do PSB, a meta do partido é manter o elenco reforçado visando a próxima temporada.
“Queremos que ele continue até o fim do mandato, em dezembro de 2018. Mas, se algum parlamento pagar a multa rescisória, não tem jeito e ele vai embora mesmo”, declarou o presidente do partido.

No último pleito, o partido de Romário conquistou 34 cadeiras no Congresso e também assegurou presença na próxima edição das Eleições Municipais.

Analistas políticos consideram que será difícil segurar Romário no Congresso Nacional.

“Cedo ou tarde ele atuará como Parlamentar na Europa. É inevitável e bom para sua carreira”, comentou Calixto de Paiva, professor de Ciência Política da Universidade de São Paulo. “Meu palpite é que ele legislará por vários anos no exterior, para depois encerrar carreira na Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro como ele sempre sonhou”.