Robben é pego no antidoping com haxixe; Fifa mantém resultado

Claramente sob efeito de droga, o atacante Robben eliminou o Brasil da Copa e ainda ficou rindo.

Na tarde de hoje, a Holanda superou o Brasil em partida eliminatória da Copa do Mundo. Após jogo emocionante, os holandeses comemoraram de maneira diferente, provocando estranheza para quem estava acompanhando a partida.

O comportamento dos jogadores chamou também a atenção da Fifa que providenciou um teste antidoping para os jogadores da Holanda.

Logo após o apito final, em vez de se abraçarem e comemorarem, os jogadores começaram a olhar uns para os outros, darem risadas sem parar. Alguns pareciam estar com sono e com os olhos irritados.

Repórteres de todo o mundo ficaram ainda mais curiosos com o atraso para o início da entrevista coletiva. Arjen Robben, atacante e estrela do time holandês, chegou à sala de imprensa uma hora após o horário esperado, comendo um hambúrguer.

“Nossa, quanta gente aqui! Dá para diminuir um pouco essas luzes?”, disse o atacante assim que sentou. “Brasil? Do que você está falando? O Brasil joga de amarelo, hoje ganhamos de um time de azul”, respondeu quando indagado como se sentia ao vencer um dos favoritos ao título.

Após perceber as respostas fora do padrão, os repórteres perguntaram a Robben do porque estar agindo de maneira tão diferente. “Olha, não fala para ninguém, rolou um baseadinho lá no vestiário. Mas o que pegou mesmo foi o baseadão que circulou no ônibus! Chegamos no estádio prontos pro jogo”, confessou holandês.

O resultado do teste não podia ser outro. Foram detectadas altas de doses de tetrahidrocannabidivarina, princípio ativo do haxixe verde do bom.

Vendo a indignação de todos quando o doping foi anunciado, o jogador se defendeu. “Não sei o porque de tanto espanto! Ganhamos todos os jogos assim! E na semifinal será assim de novo! Assim que alguém me arrumar uma seda vou começar a enrolar!”, confidenciou Robben.

Como o haxixe não tem efeitos que teriam beneficiado os jogadores da Holanda, a Fifa não punirá ninguém e manterá o resultado da partida.

“O resultado da partida continua o mesmo e o Brasil segue eliminado. Imagina se a Holanda não estivesse assim como seria o jogo”, comentou o respresentante da Fifa que preferiu não se identificar.