Paul McCartney afirma: “Não tocarei músicas dos Beatles no Brasil”

Músico inglês terá repertório composto apenas por sua carreira solo

Em entrevista exclusiva à Rede Vida, Paul McCartney deu detalhes sobre repertório que apresentará em seus shows no Brasil. O músico disse estar passando uma fase nova na carreira e, por isso, não tocará nenhuma música dos Beatles.

“A banda acabou em 1970. Desde então, tenho trabalhado minha carreira solo. Já são 40 anos criando e compondo um vasto repertório”, justificou McCartney. Segundo ele, há material suficiente para fazer uma apresentação sem a necessidade de recorrer a canções dos Beatles.

Essa mudança de setlist já tem sido testada nos últimos shows de sua turnê. Em sua passagem por Dudinka e Aral, McCartney empolgou a platéia tocando sucessos como Mamunia, English Tea e Ram On.

“Pretendo também tocar algumas faixas do meu novo projeto paralelo, o Fireman. É tão bom quanto o que eu fiz com os Beatles, só não é tão conhecido ainda. Precisamos ter um desapego ao passado, foi bacana quando éramos garotos. Hoje a fase é outra!”, revelou Paul.

Segundo ele, sua legião de fãs também mudou conforme o passar do tempo. “Música dos Beatles só funcionava para aquele bando de garotas que gritavam durante o show inteiro. Nem nos ouvíamos tocando. O público atual é conhecedor do meu trabalho solo, ninguém quer saber de Get Back, All You Need Is Love ou Something”, completou.

O músico se apresentará em novembro nos estádios Beira Rio, Morumbi e Boca do Jacaré. Todos os ingressos estão esgotados.