Papel surpreende e vence Tesoura na Copa

O Papel venceu Tesoura após séculos de hegemonia do rival.

Na partida mais emocionante até o momento da Copa do Mundo de Jokenpô, o Papel pegou a Tesoura de surpresa e, de virada, ganhou pela primeira vez na história.

A Tesoura, que nunca havia perdido para o Papel, era franca favorita e estava vencendo a partida por 1 a 0.

“De repente, o Papel se superou e mostrou um inesperado poder de reação”, afirmou o sueco Max Ikeavic, treinador do Papel neste mundial. “Quando parecia que a Tesoura nos cortaria de novo, nossa folha de papel aplicou-lhe um chapéu e em seguida embrulhou a Tesoura completamente. Foi mágico”, comemorou o técnico.

Após o empate, o Papel encheu-se de moral e aos 44 minutos do segundo tempo, passou uma caneta pelo meio do adversário, encobrindo-o para garantir a vitória.

Antes do jogo contra a Tesoura, o Papel chegou às finais após envolver a Pedra em uma partida relativamente fácil realizada na última sexta-feira.

Com a vitória, o Papel acaba com uma hegemonia que a Tesoura mantinha desde o fim do século XIX, quando o Jokenpô foi criado no Japão.