Palmeiras se anima e reinvidica mais títulos para não passar 2011 em branco

A diretoria palmeirense quer garantir títulos para o clube antes que 2011 acabe.

Recém anunciado como octacampeão brasileiro, com o reconhecimento de 4 títulos nacionais conquistados entre 1959 e 1970, o Palmeiras promete não dormir no ponto e mostrou quer mais.

A diretoria do time de Palestra Itália divulgou nota afirmando que seus emissários já estão em busca de novos títulos que possam ser reconhecidos com o intuito de ampliar o quadro de conquistas do clube.

Segundo diretores do Palmeiras, a estratégia visa garantir algumas conquistas para 2011 diante da falta de perspectiva para o time nos campeonatos do próximo ano.

“Aprendemos muito com o caso do Título Mundial de 1951, quando nosso fax foi recusado pela Fifa”, afirmou na noite desta segunda-feira o vice-diretor de futebol do clube Genaro Pescara.

“De fato, naquele momento conduzimos mal o caso. Agora estamos bem mais escolados na reivindicação de taças perdidas no tempo. O que vale é que no ano do Centenário do nosso arqui-rival nós é que fomos campeões. Quatro vezes! Isso que importa! Não poderia ter sido um ano melhor”, comemorou Pescara.

Com mais estrelas em seu rol, o clube promete se programar para também ganhar uma série de títulos no começo de 2011. “Como não tem sido possível dentro de campo, vamos usar cada vez mais desse artifício de reivindicar títulos. É uma boa forma de acalmar nossa ansiosa e carente torcida”, afirmou Pescara.

Historiadores do clube já estão remexendo os arquivos para tentar oficializar alguns destes troféus em potencial.

“Ganhamos um torneio disputado contra Lusa, Nacional e Juventus no verão de 37, e que até hoje não foi reconhecido como título. Acreditamos que pode dar um bom Campeonato Paulista, por exemplo”, mencionou Alfredo Marchioro, líder do departamento de história do clube.

O fato de, naquela época, o futebol ser jogado também com as mãos não desanima os palmeirenses.

“Cada conquista é um conquista”, defendeu Marchioro. “Se conseguirmos conquistar títulos como esses em 2011, em 6 meses seremos dodecacampeões e as vitórias nos gramados virão naturalmente”, prevê.