Mancha de Óleo chega para a final da Copa do Mundo

A Mancha de Óleo chega à África do Sul e tem tudo para participar também da Copa no Brasil.

Após quase 80 dias desde que começou a vazar no Golfo do México, a Mancha de Óleo finalmente aproxima-se da costa da África do Sul.

Grandes correntes marítimas empurraram a grossa camada de petróleo por todo Oceano Atlântico, chegando às praias aficanas para o fim de semana da grande final da Copa do Mundo.

O presidente da Fifa agradeceu a presença da Mancha no Mundial. “É uma honra receber um fenômeno tão badalado”, declarou Joseph Blatter. “Isso comprova como um evento do porte da Copa atrai todo tipo de coisa”.

A Fifa no entanto, não permitiu que a Mancha exibisse a marca de sua criadora, a empresa BP, por ela não ser uma das patrocinadoras oficiais da competição.

Neste exato momento, a Mancha de Óleo encontra-se estacionada diante da Cidade do Cabo, onde vive dias de Baía de Guanabara.

Para chegar à grande final entre Espanha e Holanda, a Mancha deverá cruzar o Cabo da Boa Esperança e ainda torcer por uma combinação de resultados climáticos.

“Se um furação ou um ciclone passarem por aqui, é possível que o oléo chegue a Joanesburgo na forma de chuva”, explicou William Knox Jr., que representa os interesses da Mancha. “Se isso ocorrer, a Mancha deixar essa Copa ainda mais melada”, brincou.

Como a BP ainda não conseguiu para conter o vazamento, a Mancha de Óleo já negocia com a Petrobras para também marcar presença na próxima Copa, que ocorrerá no Brasil em 2014.