Listerine na verdade pode ser engolido, diz pesquisa

Ao contrário das recomendações, estudo comprovou que Listerine pode ser ingerido

Pesquisa recente da Universidade de Massachusetts, nos Estados Unidos, trouxe ao mundo da higiene bucal uma de suas maiores revelações.

Os resultados do estudo concluíram que o enxágue bucal Listerine, ao contrário das recomendações, pode ser engolido sem prejuízo à saúde.

“Foram anos de trabalho, passava mais tempo no laboratório do que em casa, meu casamento quase acabou, mas valeu a pena! Tenho certeza que esse estudo motivará a comunidade científica a se aprofundar em assuntos similares”, comemorou Phil Lambert, PhD responsável pela pesquisa.

Com o resultado do estudo, a diretoria de relações com o consumidor da Listerine estuda a viabilidade de fazer alterações nas advertências contidas no rótulo.

Enquanto isso, muitos consumidores se dizem felizes com a novidade. “Eu sempre falava para as minhas amigas que eu engolia. Todas me achavam louca, dizendo que fazia mal… A gente sempre tinha essa discussão de cuspir ou engolir. Agora não tem mais conversa, eu engulo mesmo!”, confidenciou Pamela Adams.

Porém, Lambert faz ressalvas, nem todos os sabores são passíveis para serem engolidos. “Infelizmente perdemos alguns hamsters queridos ao testar o Listerine Cool Mint. A ingestão pode ser fatal!”, completou o PhD.