Justiça condena Cuca pelo sequestro de bebês

Cuca é responsável por raptar mais de 200 bebês de suas casas durante a noite.
Cuca é responsável por pegar mais de 200 nenéns de suas casas enquanto dormiam.

A Justiça de Goiás condenou na manhã desta segunda-feira Odete da Silva Buarque, musa do folclore nacional e popularmente conhecida por Cuca. Cuca é responsável pelo sequestro de mais de 200 bebês na regiões norte e centro-oeste do país.

A sentença foi dada pelo juiz Cândido Lobato do 1º Tribunal do Júri de Goiânia, que acreditou em todas as provas contadas sobre a Cuca.

Cuca foi presa no final de maio, quando a polícia estorou o cativeiro em que mantinha a menina Tainá de Melo, de apenas 3 meses de idade.

Tainá foi raptada de sua casa enquanto dormia. Seu pai estava na roça trabalhando e sua mãe havia saído para passear.

Cuca deverá cumprir 112 anos de prisão pelo sequestro dos bebês e mais sete por tráfico de jacarés e outros animais silvestres, somando 119 anos de cadeia.

Para o juiz, a condenação de Cuca é apenas o primeiro passo para desmantelar essa quadrilha de sequestradores. A polícia segue à busca de Carlos Bovino de Souza, considerado parceiro de Cuca, conhecido na região como Boi da Cara Preta.