Fla convoca torcedores para recall de camisas do Hexa

Camisas do Fla precisarão de alteração na inscrição Hexacampeão e os torcedores farão o recall nos próximos dias.

A confirmação pela CBF da entrega da Taça das Bolinhas ao São Paulo Futebol Clube trouxe problemas ao Flamengo.

Além da decepção de não ter em seu museu um dos mais belos troféus de toda a história nacional, o Fla precisará fazer recall de todas as camisas vendidas a partir de janeiro de 2010.

Por imposição do PROCON-RJ, todas as peças comercializadas com a inscrição “Hexacampeão Brasileiro” precisarão ser trocadas devido ao título da Copa União de 1987 não ser reconhecida pela CBF como Campeonato Brasileiro.

Eduardo Antunes, diretor de logística do clube, se mostrou revoltado e, ao mesmo tempo, preocupado com a reposição das peças.

“Já enviamos o fax à nossa fornecedora de material esportivo solicitando a produção das novas peças, porém ainda não temos previsão de entrega. Precisamos fazer as trocas o quanto antes, senão seremos multados. Mas o que me deixa revoltado é a decisão arbitrária da CBF. De repente, 23 anos depois, descobrimos que não fomos campeões, isso não pode!”, ponderou o dirigente.

Enquanto isso, o Flamengo continua lutando com a CBF pelo reconhecimento de seu título de 1987 como campeonato brasileiro.

“Não é porque esquecemos de pedir a taça em 1992 quando ganhamos pela quinta vez que vamos deixar isso barato agora! O Flamengo é maior do que isso!”, afirmou o vice-presidente de futebol Orlando Cavalcanti.

“Essa briga vai até o fim, mesmo que precisemos focar 100% dos esforços de toda diretoria nisso. A nossa presidente sabe que o clube anda sozinho, e o mais importante é nos dedicarmos a essa taça. O Flamengo precisa disso!”, disse Cavalcanti. Para a batalha nos bastidores, o clube nomeou uma comissão especial com 67 membros do corpo diretivo mais 17 especialistas em direito esportivo.

Porém, como levarão anos até o processo ser concluído, nos próximos dias os torcedores começarão a ser convocados para o recall das camisas com qualquer tipo de menção ao hexacampeonato. Todos lesados pela propaganda enganosa deverão comparecer à loja oficial do clube, na Gávea. Lá receberão uma senha para retirarem os uniformes com a correção.