Felipe Melo unifica cinturões da Fifa e UFC

Felipe Melo é o novo campeão da Fifa e da UFC

O volante brasileiro Felipe Melo, que joga na Juventus da Itália, obteve uma grande conquista essa semana, com a qual pretende tentar apagar a má impressão deixada na Copa do Mundo da África: ele foi o primeiro atleta brasileiro a unificar os cinturões da Fifa e da UFC.

“É uma grande honra pra mim poder atenuar, de alguma forma, o que fiz na Copa do Mundo. Apesar de alguns insistirem, continuo afirmando que não sou violento, o Robben que é muito cai-cai. De qualquer forma, estou mostrando que não sou habilidoso apenas com a bola nos pés, mas também um monte de dentes nos meus punhos”, vibrou o jogador-lutador.

Essa é a primeira vez que um jogador brasileiro obtém tal conquista. Outros já haviam tentado, como Chicão, ex-São Paulo, nos anos 70, e Dinho, ex-Grêmio, nos 90. Entretanto, um outro jogador latino-americano já havia unificado os dois cinturões: Diego Simeone, volante argentino que jogou em clubes como Velez Sarsfield, Inter de Milão e na seleção argentina, também conseguiu esse feito. Perguntado sobre Felipe Melo, Simeone aprovou o novo rei da pancadaria: “Nós temos estilos muito parecidos, inclusive ele demonstra muita habilidade num golpe no qual eu era especialista, o pisão com o adversário no solo”.

Apesar da conquista, Melo já se mostra preocupado com a crescente concorrência de jogadores interessados em seus cinturões. “O Heitinga e o De Jong, da Holanda, mostraram muita competência na final da Copa. São adversários duros e de potência pra pancada, tenho que ficar atento”. preocupou-se.