Ex-Traficante Oferece Cursos de Fuga em Tiroteio

Serginho explica a um aluno como escapar de uma batida no morro.

Nos dias de hoje, é comum a preocupação com confrontos entre policiais e traficantes nas ruas das grandes cidades do País. O cidadão comum conta agora com um curso de fuga em situações de tiroteio, ministrado pelo ex-traficante Serginho Sambaqui.

Serginho começou a carreira no tráfico em 1981 aos 12 anos, onde teve rápida ascensão e conquistou sua primeira boca em 1985. Ele abandonou o tráfico em 1999 para abrir um restaurante e hoje, aos 41 anos, Sambaqui decidiu ocupar seu tempo livre oferecendo o curso Como Não Morrer na Bocada.

Com supervisão pedagógica da Fundação Getulio Vargas, o curso de Sambaqui consiste em 3 módulos, sendo que o módulo avançado inclui Estudos de Caso no morro de Santa Cátia e tiroteiro real com pistolas e metralhadoras.

“É importante ter alguém que conheça o problema da violência de dentro para abrir nossos olhos sobre como reagir em situações perigosas” afirma o especialista em segurança pública Jackson Miguel dos Santos.

Os cursos serão oferecidos em aulas semanais às 9h da manhã e 22h da noite, para simular condições reais de perigo. O preço dos cursos não foi divulgado e é negociado diretamente com o ex-criminoso.