Diário de Barrelas fica azul para marcar o Dia do Smurf

No Dia do Smurf, há uma grande concientização pelo massacre de smurfs ocorrido em 1999.

Os leitores do Diário de Barrelas amanheceram com uma agradável surpresa nesta segunda-feira. Tanto o site como a edição impressa do nosso jornal foram revestidos de azul para comemorar essa importante data que vivemos hoje: o Dia do Smurf.

A ação foi criada pelo departamento de marketing do jornal para conscientizar os leitores do importante papel dos duendes azuis em nossa sociedade.

A data escolhida remete ao 22 de março de 1999, também uma segunda-feira. Nesse dia, dezenas de smurfs foram pisoteados por acidente em Londres, quando visitavam a capital inglesa para fazer compras. A tragédia ficou conhecida como o Massacre dos Smurfs ou também, em inglês, Bloody Blue Monday (“Segunda Azul Sangrenta”).

Desde a morte de Papai Smurf ao 89 anos em dezembro de 2007, os pequenos azuis perderam força política no debate internacional, levando a nação smurf ao descaso. Com a ascensão do Smurf Gênio ao poder em 2008, os Smurfs abraçaram um governo populista e corrupto que os conduziu ao encolhimento de sua participação no cenário mundial.

O Dia do Smurf convida você leitor a adotar a causa smurfética e defender o subsídio econômico para a reconstrução dessa nação tão meiga e adorável.

Se você quiser juntar-se a essa nobre causa, basta escrever qualquer bobagem no twitter, acompanhada da tag #SmurfDay.

As páginas dos maiores portais do Brasil ficaram azuis no Dia do Smurf.

Para aqueles leitores que se incomodaram com o azul irritante que distorceu por completo a visualização de nossas páginas, exisite a opção de esperar até amanhã, terça-feira, quando tentaremos recuperar nosso site.

Feliz Dia dos Smurfs a todos!