Dedo de Lula é encontrado em fábrica; médicos tentarão o implante

Dedo mindinho do presidente Lula é encontrado em São Bernardo

A última grande descoberta arqueológica em território brasileiro foi feita ontem em São Bernardo do Campo, região metropolitana de São Paulo.

Foi encontrado, em uma das inúmeras metalúrgicas da cidade, o dedo mindinho do presidente Lula amputado na década de 70.

Ainda operário e distante dos sindicatos, Lula sofreu o acidente enquanto trabalhava em uma máquina de corte. Por ter sido durante o turno da madrugada, ninguém pode encontrar o dedo antes de prestar o socorro.

Porém, ao atualizar seu equipamento, a Metalúrgica do ABC, empresa para qual Lula trabalhava, se deparou com algo diferente do que esperava.

“Essa máquina estava lá encostada, ninguém mais a usava. Na hora de desmontar apareceu algo estranho… Chamamos a Dona Hortência, enfermeira aqui da fábrica. Ela disse que parecia ser um dedo”, afirmou Antônio Carlos, gerente de produção.

Então, utilizando cartões de ponto e modernos testes de DNA, houve a confirmação de que aquele era o dedo mindinho da mão esquerda de Lula.

“Sim, podemos afirmar, aquele dedo pertence a Lula. Dadas às condições de armazenamento e aos avanços da medicina, creio que haja a possibilidade de reimplante. Já temos consultas marcadas após o fim da campanha eleitoral para realizar exames e testes”, explicou o doutor José Silva, chefe da unidade de implantes e transplantes da Escola Abeceiana de Medicina.