Com público recorde, portugueses celebram Dia do Desvencilhamento do Brasil

Portugueses do mundo todo relembraram a importante data.

As ruas de Lisboa ficaram pequenas na tarde deste 7 de setembro. A capital portuguesa promove hoje uma grande festa que também se espalha por todas as cidades de Portugal.

Ano após ano, portugueses de todo o planeta celebram na data de hoje o Dia de Desvencilhamento do Brasil, mais conhecido por aqui como Dia Internacional do Progresso Português.

Anunciado em 7 de setembro de 1822 pelo mercenário lusitano Pedro de Alcântara, o desvencilhamento é tido como um marco no aceleramento da economia portuguesa.

“Quando Pedro gritou às margens do Ipiranga, uma nação inteira chorou de emoção aqui na Europa”, conta o historiador Carlos Xavier de Paula. “Relatos indicam que ele seria morto na volta a Portugal se não tivesse proclamado aquela separação”.

Neste exato momento, uma apresentação de Roberto Leal acompanhado pela Orquestra Sinfônica Portuguesa marca os festejos no estádio José Alvalade repleto de pessoas em vermelho e verde.

Como manda o folclore popular, bonecos com o rosto de Pedro Álvares Cabral, também foram malhados nas principais praças do país aos gritos de “azarado”.

No começo da noite de hoje, a comemoração se encerra com a tradicional chamada telefônica do primeiro ministro de Portugual.

Pontualmente às 18h, José Sócrates fará a ligação para a presidente Dilma Rousseff, agradecendo imensamente à nação brasileira por mais um ano de independência.