Chegada de Trio Elétrico extratropical ameaça o Litoral Paulista

O bloco de categoria 5 avança e o risco de estragos no Sudeste aumenta.

Um trio elétrico de forte intensidade se aproximou da costa de São Paulo nesta terça-feira e colocou em alerta as autoridades locais.

De acordo com a Agência Nacional do Afoxé Libidinoso (ANAL), o bloco move-se com uma velocidade de 20 quilômetros por hora em direção ao litoral do estado.

Informações preliminares da ANAL dão conta de que em menos de uma semana o conjunto deve atingir também a capital paulista, porém com menor intensidade.

O trio elétrico teria se formado na região Nordeste do país e dobrou de intensidade após deslocar-se sobre o estado do Rio de Janeiro.

“Quando surgiram na década de 1950, esses fenômenos de massa se mantinham apenas nas áreas de formação, em especial na região metropolitana de Salvador”, explica o carnavalesco Leonardo Moraes Moreira. “Com o passsar do tempo, essas desgraças foram avançando por todo o país”.

Segundo Moreira, este trio elétrico é cerca de três vezes mais intenso que o trio que deixou quase 70 vítimas no interior de Minas Gerais no último final de semana.

“Ao passar pelo litoral de São Paulo, esse trio elétrico pode ter efeitos devastadores”, descreveu Moreira. “Apesar da velocidade reduzida, as pessoas ficam cobertas por abadás e são arrastadas com facilidade por ele. Só não vão atrás aqueles que já morreram”, lamenta.

A previsão é que o trio elétrico atinja o Sudeste com força máxima na próxima sexta-feira, reduzindo o ritmo somente no final de março.