Carlinhos Brown pede para NX Zero mudar de ideia

carlinhos-brown-aguaComo já dizia minha avó, “cachorro mordido por cobra tem medo de linguiça”. Ao receber a notícia de que a banda NX Zero seria a responsável por aquecer o público para o show do Metallica, que acontece no começo de 2010, o músico Carlinhos Brown entrou em pânico.

“De repente eu voltei no tempo e me vi no palco do Rock in Rio III, em 2001”, diz Brown. “O último disco do NX Zero “Sete Chaves” é muito bom, mas eles serão mais vaiados do que o Ahmadinejad na passeata gay de São Paulo”, arrisca ele, que tentou falar com Di durante todo o dia, mas sem conseguir sucesso.

Para quem não se lembra, Carlinhos Brown foi incluído na lista de artistas que se apresentaram no terceiro dia de shows do Rock in Rio 3. Sua performance aconteceu ainda no período da tarde, mas naquele momento a Cidade do Rock já estava lotada por roqueiros que queriam ver as bandas que ainda iriam tocar no período da noite como Oasis, Papa Roach e Gun’s Roses. O Guns aliás, retornava aos palcos depois de um longo período de inatividade, o que causava um enorme frisson no público.

Não adiantou de nada o músico baiano entoar hits como “A Namorada”. O público começou a vaiá-lo insistentemente. Sua reação, no entanto, dizendo não se importar com a opinião da multidão, só aumentou a ira dos roqueiros. Voaram garrafas e copos de água pra cima de Carlinhos Brown. “Eu fingia que aquilo não me incomodava, mas mesmo tendo esse cabelo grande e duro, levei umas garrafadas bem doloridas naquele dia”, lembra ele.

O Diário de Barrelas também saiu às ruas para ouvir a opinião do público. “Eu não entendo como os organizadores fazem uma coisa dessas”, afirma Deusdete Marques, faxineira da sede da prefeitura de Barrelas e fã incondicional do Metallica. “Eu já estava com o meu ingresso comprado, mas agora não sei se irei. NX Zero não faz parte das músicas que entram no meu iPod. Eu limpo a prefeitura ouvindo muito Metallica, Megadeth, Angra, Misfits, Leonardo, Shakira, Agnaldo Raiol e Reginaldo Rossi”, explica ela.

Do outro lado, os fãs do NX Zero dizem não entender o motivo de tanta irritação. “É fácil. Basta chegar atrasado pro show que ninguém é obrigado a ouvir a nossa banda predileta”, dispara Marcelo Antonio Ricardo Baptista, enquanto tira a franja de cima de seus lindos olhos azuis. “Minha mãe já prometeu me levar no show. Nós saíremos daqui de Barrelas bem cedinho pra não perder nem um só minuto”, conclui o rapaz de 38 anos que ainda mora com os pais.

Nossos repórteres também tentaram um novo contato com o NX Zero, mas as informações de sua assessoria de imprensa é que os garotos se trancaram no estúdio desde ontem e, ainda muito emocionados com o convite, dizem não ter condições de atender a mais ninguém.