Cadeirinha em carros também será obrigatória para idosos

Para evitar ferimentos mais graves em acidentes, idosos também usarão cadeirinha

Depois do sucesso da Lei da Cadeirinha, que entrou em vigor oficialmente nesse mês, o Departamento Nacional de Trânsito (Denatram) afirmou hoje, por meio de sua assessoria de imprensa, que já está planejando implantar a segunda fase do projeto. Nela, se tornará obrigatório o uso das cadeirinhas também por idosos.

“Depois do sucesso da primeira etapa, atingindo as crianças com até 10 anos, estamos prontos para dar andamento ao projeto”, afirmou o gerente adjunto de comunicação Anderson Mascarenhas. “Estamos dando mais proteção às nossas crianças em caso de acidentes, e agora queremos trabalhar com os idosos: eles são frágeis, possuem os ossos fracos. Depois dos pequeninos, esse é o público que tem menos condições físicas para sobreviver a um acidente de carro.”

A primeira medida dessa nova etapa da lei será a criação das cadeirinhas para idosos. “Já estamos conversando com alguns fabricantes, e constatamos que o ideal será adaptar aquele tradicional cadeirão do vovô e da vovó, deixando o carro mais confortável para esse público”, explicou.

Outra novidade para a segunda etapa é relacionada aos idosos que também são condutores do veículo. Eles também deverão usar a “cadeirona”, como ela já está sendo chamada. Alguns motoristas que serão atingidos por ela já se mostram preocupados. “Quer dizer que, depois de 47 anos de habilitação, terei que dirigir como se fosse um daqueles velhinhos indefesos dos desenhos?”, resmungou o aposentado João Paiva, de 84 anos.

Já seu colega Raimundo Vasques gostou da novidade: “Quer coisa mais confortável do que dirigir sentado num cadeirão? Melhor que isso, só se for obrigatório também ter dirigir tomando sopinha quentinha e com um parceiro de dominó no banco do carona”, divertiu-se.

Segundo o Denatram, a Lei da “Cadeirona” deve entrar em vigor no início de 2011.