Após confirmar Fielzão, CBF escolhe Gavião como Mascote da Copa

Dentre vários candidatos, Gavião foi escolhido como mascote da Copa do Mundo de 2014

Definitivamente, nem o mais fanático torcedor do Corinthians poderia esperar que teria tantas noticias boas na semana do centenário do clube. Além o anuncio da construção do Fielzão, estádio do time e que abrigará a abertura da Copa, o CBF divulgou hoje pela manhã que o mascote do torneio será um Gavião.

Imediatamente após o anuncio oficial da CBF, Andrés Sánchez, presidente do clube, se pronunciou sobre a novidade. “Acho que a CBF fez uma belíssima escolha. O Gavião é uma ave forte, ávida por demarcar terreno, com sede de vitória”.

Perguntado se a escolha do animal teria alguma relação com a Gaviões da Fiel, torcida uniformizada do clube, Andrés foi ríspido em sua resposta.

“Essa suposição não tem nenhum fundamento. Porque o presidente Ricardo Teixeira faria isso? Apenas para agradar à nação corinthiana? A verdade é que o Gavião é um animal tipicamente brasileiro, muito mais do que Tucano, Mico Leão Dourado ou Tamanduá-Bandeira. Inclusive, tenho umas sugestões de nome para o mascote: acho que Sócrates, Casão, ou até mesmo Basílio, cairiam muito bem”, disse o presidente alvi-negro.

A divulgação da notícia mexeu com alguns clubes, principalmente com o principal adversário político hoje do Corinthians, o São Paulo.

O vice-diretor tricolor, João Paulo de Jesus Lopes, adotou tom crítico em relação à escolha feita pela CBF. “Se queriam, mais uma vez, agradar ao Corinthians, eles erraram feio: o mascote deveria ser um Gambá, e não um Gavião”, provocou Lopes.

Já Luiz Gonzaga Belluzzo, presidente do Palmeiras, aprovou a escolha. “Os nossos co-imãos alvinegros estão mesmo precisando de carinho. A CBF está apenas compensando ao Corinthians com essa homenagem à sua torcida. Depois de fazer um bem para todos os seus rivais e os mandar bem longe daqui, lá para as bandas de Itaquera, eles mereciam alguma coisa para sorrir”, se divertiu o dirigente.

A CBF já contratou alguns artistas, que deverão produzir as primeiras versões do mascote até o final desse ano.